Outro dia enquanto olhava as fotos que temos dos meninos bem pequenos para montar um álbum, achei esse registro esquecido no fundo de um HD, de antes do Massacuca existir.  Fiquei com tanta saudade desse Gael e Antonio pequeninos! E vieram tantas memórias boas que resolvemos compartilhar aqui. :)

Quando Gael tinha perto de 2 anos, sempre antes de dormir ele gostava de ficar zanzando pelo quarto. Até cansar. E como conhecíamos a rotina, sempre deixávamos uma luz guia na tomada para evitar tropeços.

Mas numa dessas andanças de lá pra cá ele percebeu… a própria sombra!  E ficou apavorado!

E   por um período foi assim: anoitecia, acendíamos algumas luzes e ele começava a andar pelo quarto. E   quando se dava conta parava e chorava pedindo colo, com muito medo da própria projeção   na parede.

Claro que tentávamos explicar o que era, mostrávamos nossas próprias sombras e até   fazíamos um teatrinho com nossas mãos imitando fantoches. Mas nada convencia ele do contrário: aquela sombrinha era sim algo assustador!

Foi então que conversando com a Grazi pensamos em fazer uma   brincadeira com o Gael e o Antonio. Se o Antonio, que não tinha medo, apresentasse a própria sombra numa atividade dentro do quarto, talvez o Gael pudesse perder o medo, já que o amigo também tinha uma sombrinha como a dele.

Então fizemos a brincadeira durante o dia. Entramos todos no quarto, fechamos a janela, apagamos as luzes e demos uma lanterna acesa para cada um brincar. No começo o Gael ficou ressabiado, mas logo vendo o amigo explorar a luz e a sombra e apresentar a própria projeção, perdeu o medo e entrou na brincadeira também.

E foi super divertido ver eles apontando as lanternas para parede, um para o outro, para nós e até para alguns brinquedos para ver o contorno.

E no fim, existe melhor jeito de vencer o medo do desconhecido do que na companhia de um grande amigo?  ♥

Quer brincar com   sombras?  Veja nossas dicas.

sombras2

sombras1

ImaginaçãoRaciocínio lógicoSem categoriaVídeo

Dificuldade de preparo fácilPouca bagunça

DICAS

  • Para os que ainda tem medo faça a atividade durante o dia, assim as crianças conseguem entender que a sombra existe não porque é noite mas   pelo bloqueio da luz.
  • A brincadeira é divertida para quem não tem medo também. Que tal refletir brinquedos, objetos da casa, ou formas cortadas com cartolina? Dá até pra contar uma história!
  • Com os mais velhos tente esconder algumas coisas pelo ambiente e organizar uma expedição de resgate.

PRINCIPAIS ESTÍMULOS

  • Raciocínio Lógico: ao entender que a sombra existe pelo bloqueio   da luz.
  • Imaginação: com todas as brincadeiras e histórias que dá pra criar com um pouco de luz projetada.

SEGURANÇA

  • Fique sempre atento para que não tenha nenhum objeto no meio do caminho. Crianças menores irão   prestar atenção na sombra e não no chão.
  • Ensine também a criança a se deslocar pelo ambiente iluminando o caminho com a lanterna para evitar tropeços.

PREPARO   e  BAGUNÇA
Sem bagunça e super simples de brincar, é só pegar a lanterna e começar a iluminar.