Por Renata Maria

cesta_otto

Ano passado foi um ano muito especial para nós. Além de trazermos as atividades do blog para o mundo real, brincando com um montão de pessoas nas oficinas e atividades coletivas em praças, viradas, escolas e parques que participamos durante todo ano, também ganhamos um novo membro na família Massacuca: o Otto, que nasceu durante a Semana Mundial do Brincar.

Desde que ele começou a sentar com mais firmeza, vínhamos pensando em atividades que ele pudesse fazer com a participação dos meninos. Sabíamos que nossos maiores teriam bastante curiosidade em explorar também qualquer brincadeira que apresentássemos para o Otto.

Então resolvemos fazer uma cesta dos tesouros, que já foi muito brincada aqui em casa, mas com algo diferente: pegamos um cesto de roupas de plástico, colocamos alguns objetos de diferentes cores, formas e texturas dentro e amarramos um fio de malha na parte de cima, criando uma teia. Se ele quisesse retirar qualquer objeto de dentro, teria que resolver esse quebra-cabeça de mão.

Logo terminado o trançado da cesta, colocamos no tapete e fizemos os convite. Os meninos vieram muito curiosos observar. Já o Otto assim que chegou, tentou se apoiar na cesta para ficar em pé, que claro, tombou pro lado por ser leve. Ele caiu sentado e, com a cesta virada, conseguiu ver melhor os objetos que estavam dentro e enfiou a mãozinha para tirar um pincel. Não conseguiu e logo virou para fazer outra coisa.

Então refiz o convite e deixei alguns objetos pendurados entre a teia para que ele retirasse. Ele se interessou novamente por um deles, uma  bolinha laranja, e puxou, mas o outro, um babador de tecido, enfiou dentro da cesta de volta. Animado, tentou retirar a panelinha vermelha: enfiou a mão entre os fios, puxou o cabinho, a panela logo saiu e ele comemorou muito feliz batucando a panelinha no chão!

Claro que o interesso durou até ouvir o Antonio e o Gael brincando com outra coisa. Então ele abandonou a brincadeira e foi engatinhando até os meninos, para brincar também.

A cesta agora virou uma atividade recorrente aqui em casa. Eu sempre troco os objetos de dentro dela e deixou em algum lugar visível para que ele explore quando quiser. O Otto já vai sozinho, vira a cesta de lado para puxar os objetos (porque ela é alta para ele) e retira chocalhos, colheres, copinhos, babadores. Também gosta muito de colocar as coisas de volta, até mesmo algum brinquedo que está por perto e não estava na cesta! E o Gael adora ajudar e sempre que encontra a cesta e o Otto brincando, senta junto para tirar e colocar coisas.

Foi por isso que a brincadeira ganhou uma versão com emaranhado de fios mais fechados e uma cesta cheia de peças de montar e dinossauros na festa de aniversário do Antonio. E foi uma diversão só!

Quer brincar também? Veja vídeo com o passo a passo e dicas depois das fotos. 

cesta_otto3

cesta_otto4

cesta_otto6

cesta_otto5

cesta_otto7

Coordenação motoraLinguagemRaciocínio lógicoSensorial

Dificuldade de preparo moderadaPouca bagunça

DICAS

  • Para os bebes, faça uma versão com menos fios para que seja fácil retirar os objetos.
  • Para os maiores, faça um trançado bem bem denso, quase fechado, eles vão adorar adivinhar o que estão retirando!
  • Use um fio macio e bem flexível.
  • Não use elástico, pois além de ser mais perigoso porque vai e volta pode ser uma distração, já que a criança vai se interessar mais pelo movimento do que pelos objetos dentro da cesta.
  • Procure colocar diferentes materiais para que a exploração seja mais rica: madeira, plástico, silicone, tecido.
  • Para incentivar coloque algum brinquedo favorito, ou algo que toque musica para chamar a atenção.
  • Comemore nomeando os objetos que forem retirados da cesta: ah, você pegou o lenço verde, muito bem! Essa é a panela vermelha, parabéns!
  • Acrescente mais fios sempre que a atividade se tornar fácil para que continue o interesse.

PRINCIPAIS ESTÍMULOS

  • Coordenação motora. Ótimo exercício para bebês.
  • Raciocínio lógico. Resolver como retirar os objetos estimula o pensamento.
  • Concentração. Para os maiores o desafio de retirar todos os objetos pode levar um bom tempo.
  • Linguagem. Nomeie os objetos da cesta para ensinar novas palavras e ampliar vocabulário.
  • Sensorial. A brincadeira permite explorar diferentes texturas.

SEGURANÇA

  • Brincadeira sempre acompanhada por um adulto atento, principalmente nessa idade.
  • Para os pequenos coloque só objetos seguros que possam ser levados a boca.
  • É importante o bebê já estar sentando com bastante firmeza, para não cair nem para trás nem para frente.
  • Caso a cesta seja muito alta para o bebê, vire-a de lado para que ele enxergue o que tem dentro.
  • Cuidado para que o bebê não se apoie na cesta, nem tente atravessar como um obstáculo
  • Atenção com as mãozinhas e dedinhos para não enroscarem nos fios.

PREPARO E BAGUNÇA

  • Faz alguma bagunça, já que os objetos são retirados da cesta, mas depois é só colocar dentro de novo.
  • Não é difícil, mas exige alguns minutos para fazer o trançado. Talvez depois de pronto precise de alguns reajustes, como acrescentar mais fios ou retirar alguns, o importante é não ser complicado de brincar!