pintar_agua6

Nesse calorão é uma delícia brincar com água. E foi numa ida à praça do bairro que lembramos de trazer também alguns pincéis e um copo de plástico para fazer uma atividade com nossos meninos: desenhar com água.

Entre recolher tesouros naturais, escalar os túneis de cimento da praça e observar insetos, quando o calor começou a apertar enchemos o copo na torneira do parque e levamos para um banco de concreto para propor a brincadeira. Os meninos logo começaram os primeiros rabiscos, deslizando o pincel pelo banco em traços bem compridos ate a água secar. Mas se desinteressaram depressa.

Sabendo do potencial da atividade, refizemos o convite de outra forma: desenhamos peixes, flores e borboletas e mostramos que aqueles desenhos eram muito especiais porque eram secretos. Os meninos olharam com bastante curiosidade e logo entenderam que assim que desenhávamos as formas, elas desapareciam em alguns minutos. Todos ficaram bem surpresos com o processo e exploraram um pouco mais a brincadeira. Antonio continuou fazendo os rabiscos, enquanto Gael quis logo respingar a água no banco para ver as pequenas gotículas cairem e desaparecerem. Otto, além de muito interessado pelo pincel, pela água e o fato dela desaparecer, descobriu também a sombra  do braço nos desenhos do banco. E depois de um tempo o que eles queriam mesmo era espalhar a água com a mão para sentir o calor do cimento.

A atividade durou apenas alguns minutos por conta da nossa limitação de água (usamos só um copo), mas foram minutos divertidíssimos.

Quer brincar também, mais dicas depois das fotos! 

pintar_agua4

pintando_agua3

pintar_agua5

pintar_agua2

pintando_agua

pintar_agua

Coordenação motoraImaginaçãoRaciocínio lógicoSensorial

Bagunça moderadaDificuldade de preparo fácil

DICAS

  • Use diferentes pincéis: finos, grossos e rolinhos para criança diferenciar os traços.
  • Estimule criar desenhos e faça uma brincadeira de adivinhação. Alguém desenha enquanto o amigo de costas tenta adivinhar o que é desenhando com dicas antes do desenho desaparecer.
  • Sem pincel? Use folhas, gravetos, folhas e até pedras para fazer carimbos, respingos e traços. Pintar com elementos naturais é uma delicia.
  • Dá para desenhar com o dedo também.

  • PRINCIPAIS ESTÍMULOS

    • Imaginação ao criar formas e desenhos ou usar outros itens como pincel.
    • Coordenação motora ao usar os pincéis e elementos naturais para desenhar.
    • Raciocínio lógico ao perceber que a água evapora com o calor.
    • Sensorial ao sentir a temperatura da água mudar ao contato com a superfície quente.

    • SEGURANÇA