Estação de caixas sensoriais para bebês

caixas_virada18

virada_sustentavel_caixas4

virada_sustentavel_caixas1

Quem acompanha o Massacuca há mais tempo sabe o quanto adoramos ocupar espaços públicos e levar nossas brincadeiras para fora do mundo virtual. Por isso foi uma alegria quando surgiu a oportunidade de criar um projeto especial para a Estação Bebê durante a Virada Sustentável no parque do Ibirapuera. Logo colocamos a cabeça para pensar e quando uma caixa de papelão que trouxemos do mercado virou a brincadeira favorita dos meninos nos veio a ideia de criar um circuito de caixas. Começamos então a brincar e a fazer testes com nossos filhos, aprimorando e transformando ideias até definir 20 diferentes maneiras de explorar uma caixa.

O resultado foi um sucesso! Mais de 100 bebês e suas famílias brincaram com a gente durante o fim de semana da Virada Sustentável, explorando as caixas de diferentes maneiras. E como além de brincar lá fora nós também queremos ver todo mundo brincado, queremos compartilhar com vocês cada uma das atividades. Quem vem com a gente? ;)

Caixa #01: Cama de gato
Uma das atividades mais compartilhadas do Massacuca ganhou sua versão de papelão. Cortamos a tampa da caixa e fizemos furos para prender a trama feita com fio de malha. Dentro da caixa, diferentes objetos não estruturados para os pequenos explorarem livremente.

caixas_virada

Caixa #02: Bolas
Bolas de diferentes tamanhos, cores, texturas e com sininhos dentro. A brincadeira fez muito sucesso, e as bolas passearam de mãos em mãozinhas entrando e saindo de diversas caixas.

caixas_virada2

Caixa #03: Encaixa e empilha
Caixas de diferentes tamanhos, uma dentro da outra, para encaixar ou empilhar. Na Estação Bebê a grande diversão foi desencaixar todas e colocar os objetos das outras caixas dentro delas.

caixas_virada3 caixas_virada4

Caixa #04: O que é?
Fizemos círculos na tampa da caixa, decoramos com fita adesiva e criamos uma passagem usando EVA cortado para as crianças colocarem a mão sem conseguir ver o que tem dentro. Na caixa, uma cobra colorida feita de pedaços de tule amarrados. “Será que são as tranças da Rapunzel?”, perguntou uma das crianças durante a brincadeira. :)

caixas_virada5

Caixa #05: Natureza
Pedras, pinhas, conchas, gravetos, folhas de diferentes tamanhos e cores. Um pouquinho da natureza dentro de uma caixa vira um tesouro para os pequenos explorarem e sentirem as diferentes texturas.

caixas_virada7

Caixa #06: Janelas coloridas
Cortamos vários círculos ao redor da caixa e colamos pedaços de celofane, criando janelinhas coloridas para as crianças olharem através dos buracos. Os pequenos ficaram tão fascinados que começaram a tentar enfiar a mão através do celofane. Foi uma das primeiras caixas que precisou de reforço durante a Virada. :P

caixas_virada8 caixas_virada9

Caixa #07: Garrafas sonoras
Montamos sete chocalhos coloridos e divertidos, cada qual com o seu barulho. Todos devidamente explorados, chacoalhados, tirados e colocados dentro da caixa muitas e muitas vezes.

caixas_virada10

Caixa #08: Entra e sai
Sim, apenas uma caixa vazia. E por que não!? Bebês são grandes exploradores e entrar e sair de uma caixa é uma ótima atividade para desenvolver equilíbrio, força e coordenação. Na nossa tenda a caixa também serviu para os pequenos transferirem os objetos de uma caixa para a outra.

caixas_virada11

Caixa #09: Tato
Forramos a caixa por dentro com um tecido felpudo e macio e por fora colamos círculos de lixa áspera para as crianças explorarem as sensações opostas. Muitos bebês foram colocados sentadinhos dentro da caixa para sentir a maciez da pelúcia. <3

caixas_virada12caixas_virada13

Caixa #10: Tecidos
Brincar de “Achou!” escondendo o rosto por trás de um tecido é uma das atividades favoritas dos pequenos. Nós caprichamos nas cores e texturas para deixar a atividade ainda mais sensorial.

caixas_virada14

Caixa #11: Desenho
Escolhemos um giz de cera bem grande, próprio para os pequenos, e colocamos em uma caixa vazia. Pronto! Surgiram desenhos na tampa, dentro, fora, de um lado e do outro e até nas outras caixas!

caixas_virada15

Caixa #12: Aromática
Um punhado de manjericão verde, algumas folhas de manjericão roxo, hortelã, alecrim. Tudo fresquinho e devidamente higienizado para presentear o olfato e o paladar dos pequenos.

caixas_virada152

Caixa #13: Adesivos
Fizemos um furo na tampa da caixa e colocamos um copinho   com  muitas cartelas de bolinhas coloridas para decorar a  caixa. Os adultos gostaram de fazer olhinhos e sorrisos com os adesivos, já as crianças saíram colando bolotas em todas as caixas, nas mãos, braços e até no cabelo!

caixas_virada153

Caixa #14: Garrafas sensoriais
Aqui no Massacuca já testamos muitas garrafas sensoriais. Fizemos até uma cortina enorme com elas! Para a nossa caixa montamos oito versões pensando especialmente nos bebês, com materiais coloridos e um movimento muito gostoso de olhar.

caixas_virada154

Caixa #15: Puxa aqui, puxa ali
Lembra quando fizemos uma latinha com fitas para puxar de um lado ao outro? Resolvemos adaptar a atividade para uma caixa usando argolinhas de madeira nas pontas para facilitar o manuseio. Para os bebês a brincadeira de puxar fez menos sucesso do que explorar as fitas e argolas.

caixas_virada19 caixas_virada192

Caixa #16: Tampinhas vai-vem
Nos inspiramos nos abacos para criar essa caixa com tampinhas furadas que vem e vão em um fio de malha. Mas o que mais atraiu os bebês foi o barulinho das tampas batendo umas nas outras, e a caixa acabou virando um instrumento musical!

caixas_virada21

Caixa #17: Janelinhas
Cortamos várias janelinhas ao redor da caixa e amarramos um pedacinho de barbante para facilitar o abre e fecha. Em cada janela uma surpresa para o tato: plástico bolha, papelão ondulado, toalha felpuda, lixa, alumínio. Muitos adultos brincaram juntos com seus bebês, descobrindo e explicando as diferenças entre cada textura.

caixas_virada212

Caixa #18: Gruda e desgruda
A caixa que mais fez sucesso durante a Virada junta dois elementos que os bebês adoram: tampinhas e velcro. Usamos velcro adesivo e tampas de diferentes cores e tamanhos. Rendeu horas de brincadeira!

caixas_virada23 caixas_virada232

Caixa #19: Buracos e bolas
Uma tampa com buracos e algumas bolas é o que basta para entreter os pequenos e estimular a coordenação motora. A caixa serviu também para esconder muitos outros objetos durante as brincadeiras na Estação Bebê.

caixas_virada25

Caixa #20: Casinha
A única caixona no meio das outras menores chegou para ser uma atividade e no meio do caminho virou outra! Cortamos pequenas janelinhas, fizemos uma porta com cortina de fita e deixamos a parte de cima aberta para os adultos acompanharem seus bebês lá dentro. Foi um entre e sai delicioso durante todo o fim de semana, e muitos bebês levaram bolas e garrafinhas para brincar lá dentro. <3

caixas_virada252

Coordenação motoraImaginaçãoLinguagemRaciocínio lógicoSensorial

Dificuldade de preparo fácilPouca bagunça

DICAS

  • Escolha caixas com as laterais não muito altas para que a criança possa entrar e sair com facilidade.
  • A caixa também precisa ser resistente para que não desmonte na primeira brincadeira.
  • Para os bebês pequenos deixe a caixa virada para que consigam ver o que tem dentro sem precisar se apoiar.
  • Decidimos não colar ou prender as tampas nas caixas para deixar as   crianças brincarem   livremente, tirando a tampa para   ver o que tem  dentro da caixa.

PRINCIPAIS ESTÍMULOS

  • Visão, tato, olfato, audição e paladar.
  • Coordenação motora, linguagem, raciocínio lógico e imaginação.
  • Nós procuramos criar uma combinação de caixas para explorar o maior número possível de estímulos. Cada caixa e sua maneira de brincar pode trabalhar diferentes sentidos.

SEGURANÇA

  • Qualquer material usado nas brincadeiras precisa ser limpo e higienizado. Para nossas caixas lavamos tampas, tecidos, folhas, gravetos, ervas, bolas.
  • Muito cuidado ao usar fitas ou fios! Não use pedaços muito longos que possam causar acidentes como enforcamento. Não faça trançados apertados para evitar que os pequenos prendam os dedos ou as mãos.
  • Todo material precisa ser minuciosamente examinado. Verifique se é grande o suficiente para não engasgar, se não tem pontas afiadas ou farpas, se quebra com facilidade, se pode machucar ao ser atirado. Não use nada que represente qualquer perigo.
  • Muito importante! Qualquer brincadeira deve sempre ser acompanhada por um adulto. As caixas podem virar ou desmontar caso a criança tente escalar, portanto fique sempre por perto.
  • Caixas grandes como a nossa casinha também podem tombar pois bebês tendem a se apoiar nas paredes para ficar em pé e jogam o peso do corpo. Muita atenção e segure a caixa durante a brincadeira.

PREPARO E BAGUNÇA

  • A maioria das caixas são simples de preparar e procuramos usar materiais fáceis de encontrar. Adapte nossas ideias com o que tiver disponível em casa.
  • As caixas foram pensadas para fazer pouca bagunça e sujeira para manter o espaço do evento limpo e agradável o tempo todo. Acabando as brincadeiras bastava colocar os itens de cada caixa no lugar.