mobile_fitas3

Tem atividade que a gente adora, e que sempre dá vontade de revisitar. É o caso da nossa cortina sensorial, que faz muito sucesso com crianças de qualquer idade. Da última vez brincamos usando um bambolê como base, mas para a pequena Maria Luisa, que ainda não completou um ano, decidimos fazer uma versão menor e mais sensorial.

Começou com uma tarde vasculhando armarinhos em busca de lãs e fitas com texturas diferentes. Foi difícil escolher no meio de tanta coisa bacana! Compramos também um bastidor de madeira para usar como base. Forramos o bastidor com fita de tecido e penduramos todo o material que encontramos. Amarramos também alguns guizos para fazer um barulinho gostoso durante a brincadeira.

Quando aproximamos o móbile, Malu ficou um pouco desconfiada. Mas assim que a mamãe se aproximou para brincar também, a pequena começou a explorar as texturas com as mãozinhas. Curiosa, ficou procurando de onde vinha o barulinho dos guizos. E ali ficou sentadinha, enquanto subíamos e descíamos as fitas ao seu redor, ouvindo o vovô falar com carinho: – Achou!!

Quer fazer um móbile em casa? Tem dicas no fim do post. 

mobile_fitas

mobile_fitas2

Sensorial

Dificuldade de preparo fácilPouca bagunça

DICAS

    • Quando a brincadeira acaba, o móbile transforma-se em um lindo objeto para decorar o quarto.
    • Procure variar texturas para deixar a experiência sensorial mais rica.
    • Amarre bem as fitas para evitar que se soltem com puxões mais animados.PRINCIPAIS ESTÍMULOS
    • Sensorial. Experiência que possibilita bebês explorarem visão, tato, movimento e sons.SEGURANÇA
    • Nunca deixe as crianças brincado sozinhas pois podem ficar presas nas lãs e fitas provocando acidentes.
    • Muita atenção com os guizos, pois eles são pequenos e podem ser engolidos. Amarre nas fitas reforçando com dois nós.
    • Verifique se o móbile está limpo e sem poeira na hora de brincar.

PREPARO e BAGUNÇA

  • A parte mais difícil é juntar o material. O preparo é simples e a bagunça zero.